O turco foi de carro pra cidade com a filha mocinha. Foi assaltado! Os ladrões levaram as roupas, relógios, jóias, o automóvel... tudo! Deixaram os dois peladinhos no meio do mato. O turco estava com a maior vergonha, de costas para a filha, sem coragem de olhar para ela nua, diz:
- Filinha, que desgraça. Levaram tudo que nós tinha... levaram jóias, roupas, levou tumove, levou tudo nosso dinheiro!
- Não, papai, o dinheiro o ladrão não levou! Eu escondi!
- Onde filinha escondeu o dinheiro?
- Aqui, pai! -- Tirou a grana da xoxota e mostrou ao pai.
E o turco:
- Ó filinha... que azar! Se seu mamãe está aqui, nós não perde nem tumove!

Um sujeito volta do trabalho, abre a porta da cozinha e encontra a mulher de quatro a limpar o chão. E ela está vestida apenas com um avental! A vista deste traseiro nu balançando deixa-o excitado e ele nem hesita: baixa as calças e possui-a ali mesmo! Depois de alguns minutos, explode num orgasmo mas, em seguida, dá uma surra na mulher.
Ela fica revoltada:
- Mas o que foi? Tás maluco? Fico aqui pronta para satisfazer as tuas fantasias sem dizer nada e ainda me dás uma surra? Posso saber pelo menos porquê?
O marido olha-a com ar zangado e responde:
- Nem te viraste para ver quem era!