Num cérebro de um homem estava um neurônio sozinho.
Um dia, um outro neurônio passa por lá.
O Neurônio Solitário diz:
- Olá!
O Neurônio que se passeava pelo cérebro responde:
- Olá, como é que vai a vida?
- Bem, tirando o fato de que me aborreço aqui sozinho... quer saber, é o primeiro neurônio que vejo passar aqui depois dedécadas...
- Mas espera aí... há muito tempo que estás aqui?
- Bem... sempre estive aqui... sozinho... muito só...
- Mas... você é burro ou quê? Desce até o pênis... é lá que estamos todos.

Supermercado em Lisboa. Um funcionário entra esbaforido perguntando quem era o dono de um fusca vermelho. O Manoel disse que era ele:
- Pois então corra lá estão a roubar seu carro. - disse o garoto.
Manuel saiu correndo e voltou alguns minutos depois, suando e arfando.
- E aí, pegou o ladrão? - pergunta o garoto
Manoel tirando um papel do bolso respondeu:
- Não pois ele foi rápido demais. Sorte que eu consegui anotar a placa para dar parte a polícia.