Dois bêbados ficaram até tarde no bar e perderam a última condução. Resolveram então passar a noite num hotel, mas o gerente, sonolento, disse:
- Só temos um quarto vago, com uma cama de solteiro.
- Não tem importância, nós somos como irmãos - respondeu um dos bêbados.
No quarto, apagaram a luz e se deitaram um de costas para o outro. No meio da noite um deles acordou e chamou o companheiro:
- João, tem um cara deitado comigo na cama.
- Engraçado, na minha também tem.
Vou tirar ele daqui.
- Eu também.
Os dois se viraram e começaram a brigar, até que um deles caiu no chão.
- João, o cara me derrubou!
- E eu derrubei o outro aqui. Pode vir dormir na minha cama.

Um gago, desesperado com seu problema, lamenta-se profundamente com um amigo, e este lhe indica um fonoaudiólogo da maior confiança. Meses depois, encontram-se de novo e o gago vai logo dizendo:
- Toco preto, porco crespo. O rato roeu a roupa do rei de Roma. Caraguatatuba, Itaquaquecetuba, Pindamonhangaba.
- Maravilha, é um milagre! - Exclamou o amigo.
- Tá-t-t-tá ce-ce-ce-certo, ma-ma-mas onde é que-que eu v-vou us-usar uma imbe-imbe-imbecilidade dessas?